Voltar

De olho na rastreabilidade de próteses e implantes

08/05/2015 17:16

Próteses de quadril, joelho, stents e até implantes mamários ou odontológicos. Se você precisar de algum desses produtos médicos, fique atento: cada um deles deve ter uma etiqueta com informações que permitam rastreá-lo desde a sua fabricação até o consumidor final.

 

A exigência da Anvisa vale para todos os produtos médicos implantáveis no corpo de forma permanente. A etiqueta deve trazer o nome e fabricante do produto, número de lote e do registro na Anvisa e demais dados que permitam a sua correta identificação. As informações devem ser inseridas no prontuário, em documento entregue ao paciente e até na documentação fiscal que gera a cobrança do produto.

 

E sabe por que isso é importante? Porque pode ajudar o médico durante o  acompanhamento do paciente e melhor orientá-lo no caso de necessidade uma cirurgia de revisão. Além disso, se no futuro algum problema for constatado, é possível rastrear se o lote com problema foi implantado ou não em você. Por isso, exija seus direitos e garanta a sua saúde.